25
Mar 09

Perdoem-me os habitantes das  aldeias, eu pessoalmente simpatizo muito com as aldeias, a sua gente, a sua pacatez, o ar puro e tudo mais que uma aldeia tem de bom...Mas a verdade é que a minha faculdade se parece com uma aldeia no sentido em que todos sabem a vida de todos, mas não gostam que se comente a sua!

Quanto mais infeliz for o meu vizinho do lado, mais feliz eu sou entro em êxtase puro... Eu sei que custa acreditar que existe tal gente mesquinha e pequena que o único objectivo de vida é a infelicidade dos outros, mas acreditem em mim quando eu digo eles andam ai... Passam despercebidos entre a multidão, quase nem damos por eles até que um belo dia de repente somos atacados pelas suas cusquices maldosas.

BE AFRAID, VERY AFRAID!!!

 

Temos que combater estes parasitas que se alimentam das infelicidades dos outros...Abaixo os parasitas a luta continua...

Se és parasita a tua entrada neste blog está !!!

 

 

 PS: Para todos esses seres desconhecidos deixo um conselho, " não cuspas pró ar pode ser que te caia em cima"...

 

 

publicado por letrasnoar às 09:30
sinto-me: Cala-te boca...
tags:

ta louco adorei . . . é que é tal e qual . . . tenham cuidado muito cuidado . . . elas andam por ai
Bruna Clara a 25 de Março de 2009 às 21:18

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19

24
27

29


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

5 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO